Flórida

7 dicas de ouro para sua viagem a Orlando

Dicas sinceras sobre Orlando e a Disney, na Flórida, para sua viagem ser menos óbvia e mais inteligente.

Sabia que Orlando √© a cidade mais visitada por brasileiros nos Estados Unidos da Am√©rica?¬†Mas isso n√£o significa que os guias de viagem dispon√≠veis sejam sinceros. Afinal, focados em vender, muitos deles omitem informa√ß√Ķes importantes.

Aqui, você encontra dicas práticas para sua viagem a Orlando, na Flórida. E sobretudo, dicas SINCERAS E REALISTAS.

Uma lista com informa√ß√Ķes importantes relacionadas a clima, transporte, pre√ßos, c√Ęmbio e hospedagem, al√©m de dicas para o seu roteiro AL√ČM dos parques da Disney.

NÃO SEJA PATETA: Antes de comprar a passagem, verifique se o seu passaporte e o seu visto para os EUA estão dentro do prazo de validade. E faça um seguro viagem (orçamento aqui) válido por todo o período.
.

Dicas de viagem a Orlando, na Flórida (EUA)

  1. Melhor época
  2. Chegada no aeroporto
  3. Como se deslocar
  4. Como escolher seu hotel
  5. Onde comer
  6. Ingressos da Disney
  7. C√Ęmbio e cart√Ķes

Passei cerca de um mês na Flórida, principalmente em Orlando, focado em conhecer lugares diferentes e observando os principais aspectos para a organização ideal da viagem.

Tentando resumir ao máximo possível, listo abaixo dicas de Orlando para quem vai a primeira vez, ou mesmo para quem já conhece e quer evitar perrengues.

1. A melhor e a pior época em Orlando

  • V√° entre dezembro e maio, quando o clima vai de frio a ameno em Orlando.
  • Evite ir de junho a novembro, para fugir do calor intenso e dos furac√Ķes.

A Fl√≥rida est√° na rota dos furac√Ķes. Em novembro de 2022, o Furac√£o Ian passou pela cidade com for√ßa reduzida. Mas destruiu Cape Coral, a apenas 260 km de Orlando.

E por mais que um furacão chegue fraco a Orlando, o governo emite alertas de emergência, fechando parques de diversão e aeroportos. O que impacta bastante no roteiro e no custo da viagem.

Por isso, evite a temporada furac√Ķes, que vai de junho a novembro. Pelo hist√≥rico, outubro e setembro s√£o os meses mais propensos √†s tempestades. Adivinha o que tem nessa √©poca? Muitas promo√ß√Ķes de pacotes para a Disney. Fique atento.

Al√©m disso, em junho, julho e agosto, o calor √© intenso em Orlando. Imagine pegar 40 ¬ļC na fila de um parque da Disney. Prefira ir no meses de outono, inverno e primavera.

2. Melhor aeroporto para chegar em Orlando

O Aeroporto Internacional de Orlando, cuja sigla √© MCO, √© o √ļnico grande aeroporto que fica de fato em Orlando. Ele est√° localizado a 30 km da principal regi√£o de parques e hot√©is.

Mas √© comum que sites de cias a√©reas mostrem voos para o Aeroporto de Fort Lauderdale, cuja sigla √© FLL. Mesmo que voc√™ marque Orlando como destino. Cuidado com essa cilada. Fort Lauderdale fica na regi√£o de Miami, a 340 km da Orlando. S√£o 4 horas de viagem de carro, num tr√Ęnsito intenso, al√©m dos custos de deslocamento, que n√£o s√£o cobertos pelas empresas a√©reas.

NÃO SEJA PATETA, PARTE II:  evite agendar passeios para o dia da chegada. Além de estar cansado, você vai precisar enfrentar a fila da imigração, que costuma ser grande. A boa notícia é que a fiscalização em Orlando costuma ser menos rigorosa do que em outros aeroportos dos Estados Unidos.
.

3. Dicas para se deslocar em Orlando

Orlando praticamente n√£o possui transporte coletivo. Nem √īnibus, nem metr√ī.

Existe apenas o SunRail, trem que cruza as regi√Ķes centrais de Kisimmee, Orlando e Winter Park. Mas ele n√£o √© √ļtil para se deslocar at√© os parques e pontos tur√≠sticos. A passagem custa a partir de 2 d√≥lares.

Para ir do Aeroporto de Orlando (MCO) até o seu hotel, e também para se deslocar entre parques é passeios, recomendo alugar um carro (preços aqui). Como existem muitos pedágios, muitos deles sem paradas com pessoas, confira se o carro já vem com o equipamento de cobrança automática.

Caso voc√™ n√£o dirija, hospede-se num hotel da pr√≥pria Disney, com transporte inclu√≠do at√© os parques. O transporte oferecido pode ser em √īnibus, trem, barco e ate telef√©rico. Depende do hotel e do parque.

Está tudo explicado no site da Disney. Esse teleférico da foto, por exemplo, é o que eles chamam de Disney Skyliner, e interliga os parques Epcot e Hollywood Studios a alguns hotéis.

Ou fique o mais pr√≥ximo poss√≠vel dos seus pontos de interesse, pois t√°xi e Uber s√£o muito caros em Orlando. Nas compara√ß√Ķes que fiz, custam cerca de 5x mais do que no Brasil.

Ter um chip internacional no seu celular vai ajudar muito! Se não alugar carro, pode chamar um Uber sempre que precisar. E se alugar, poderá traçar todas as rotas no GPS. Veja meu relato: Dica de chip para usar nos EUA. Vale a pena ter internet o tempo todo e não depender de W-Fi.

4. Melhor lugar para se hospedar em Orlando

De modo geral, os hotéis em Orlando são muito caros para o que oferecem. Principalmente depois da pandemia, os valores das diárias subiram bastante.

A dica para ficar no melhor hotel poss√≠vel de acordo com seu or√ßamento, √© ter aten√ß√£o √†s avalia√ß√Ķes dos hot√©is e escolher uma localiza√ß√£o adequada para o seu roteiro.

Seu foco é nos parques da Disney?

Então escolha um hotel próximo a eles.

Por exemplo, o Walt Dinsey World Dolphin, localizado bem entre o Epcot e o Hollywood Studios, oferece bom custo-benefício e transporte gratuito para os 5 grandes parques. Boa escolha para quem estiver sem carro.

Confira a lista completa de hotéis da própria Dinsey, pois todos eles também oferecem transporte incluído aos parques. Como falei acima, essa também é a melhor opção de hospedagem para quem não pretende alugar carro.

Seu foco é nos parques SeaWorld e Universal?

Escolha um hotel pr√≥ximo a eles, como o Universal’s Loews Sapphire Falls Resort, que oferece transporte de barco para o parque da Universal.

Nessa região estão hotéis um pouco mais em conta, a exemplo do Four Point By Sheraton International Drive, um dos poucos bons hotéis de Orlando onde ainda é possível gastar menos de R$ 1.000 na diária. Em algumas datas na baixa temporada, até menos de R$ 800.

N√£o se importa tanto com parques e dist√Ęncias?

Direcione sua hospedagem de acordo com os hotéis. Você pode até ficar na simpática região central de Orlando, um raro lugar onde pode ir andando a cafés, lojas e restaurantes.

Por exemplo, pode ficar no confort√°vel Embassy Suites By Hilton ou no muito bem avaliado AC By Marriot Downtown.

Outra grande vantagem dessa região, é ser vizinho da estação de trem Church Street Station, de onde você pode ir para a Orlando Station, de onde partem os trens da Amtrak, que percorrem boa parte da Flórida e dos EUA. Dá pra ir, por exemplo, até a histórica Savannah ou mesmo para Miami.

5. Onde comer em Orlando e n√£o passar muita raiva

Se você gosta de comer bem, vai passar raiva em Orlando.

√Č minha opini√£o, l√≥gico, mas √© muito sincera. De modo geral, nos restaurantes dos Estados Unidos se come muito pior do que no Brasil. Especialmente na Fl√≥rida, o estado mais tur√≠stico do pa√≠s.

Dentro dos parques da Disney, além de ruim, a comida é muito mais cara. Se não bastassem os preços já altos, em qualquer lugar é preciso dar uma gorjeta em média de 20% ao garçom.

Nas regi√Ķes mais tur√≠sticas, existem praticamente apenas restaurantes de rede. De lanchonetes, como McDonalds e Wendy’s, a restaurantes como o Olive Garden, √© tudo no padr√£o fast-food de qualidade.

Até no que eles chamam de padaria, como a rede Panera Bread, a comida decepciona. Apesar de ser um dos poucos lugares para se provar, sem gastar tanto, algumas comidas típicas dos EUA.

Até em lugares um pouco mais caros, por exemplo a The Cheesecake Factory, a comida tem aquele gosto de industrializada.

Das redes, o √ļnico lugar que achei razo√°vel foi o Chipotle, de comida mexicana bem servida e relativamente barata. Bem melhor do que o Taco Bell.

Por isso tudo, a dica para não passar raiva com os restaurantes de Orlando, é não criar expectativas. Não acredite nos filmes ou nas propagandas. Tudo parece saído da praça de alimentação de um shopping center.

6. Dicas para comprar ingressos para os parques da Disney

A melhor forma de comprar seus ingressos depende do seu roteiro e das suas preferências. Como não sou especialista em parques, deixo aqui um vídeo com muitas dicas para você entender onde e como comprar e reservar ingressos com o melhor custo-benefício, do canal VPD Play:

  • √Č aficcionado por parques de divers√£o? Para conhecer todos os parques, sai mais em conta comprar um pacote de ingressos por v√°rios dias. Pode comprar no site oficial da Disney.
  • Precisa ou prefere pagar parcelado?¬†Nesse caso, a dica √© comprar um “combo” de ingressos junto com o seu pacote de viagem.
  • T√° indeciso?¬†Deixe para comprar seu ingresso na bilheteria do parque. Para isso, a recomenda√ß√£o √© ir em dias de semana, meses de baixa temporada e evitar feriados dos Estados Unidos.

7. C√Ęmbio: que moeda e cart√Ķes de cr√©dito levar para Orlando

Leve dólar para Orlando. Compensa mais comprar no Brasil. Mas não leve apenas dinheiro em espécie: atualmente, é mais fácil e prático pagar as contas, inclusive as gorjetas, no cartão.

Dinheiro em espécie: faça a cotação na Confidence, que inclusive tem serviço de entrega, dependendo da sua cidade.

Cart√£o: prefira cart√Ķes mais modernos, como Nomad, Wise ou C6 Conta em D√≥lar. Eles cobram apenas 1,1% de taxa de IOF nas compras internacionais, diferente dos 6,38% dos cart√Ķes de bancos convencionais.

Praticamente todos os lugares em Orlando aceitam cart√£o. Inclusive, nem sei dizer onde n√£o aceita ou onde ainda √© vantajoso pagar em esp√©cie. Utilizei cart√£o em todas compras na √ļltima viagem.

Abaixo, algumas médias de preços para você calcular quanto vai gastar na viagem, de acordo com suas preferências e possibilidades:

  • Passagem ida e volta do Brasil para Orlando ‚Äď A partir de 900 d√≥lares (pre√ßos de passagens)
  • Hotel simples em Orlando ‚Äď A partir de 100 d√≥lares
  • Hotel confort√°vel em Orlando ‚Äď A partir de 200 d√≥lares (pre√ßos de hot√©is)
  • Resort de luxo do Orlando ‚Äď A partir de 500 d√≥lares
  • Di√°ria de aluguel de carro em Orlando ‚Äď Em m√©dia de 60 a 80 d√≥lares, depende do carro
  • Sandu√≠che ou burrito em fast-food Orlando ‚Äď Em m√©dia a partir de 7 d√≥lares
  • Pizza tamanho fam√≠lia em parque da Disney ‚Äď Em m√©dia a partir de 30 d√≥lares
  • Prato de massa em restaurante bem avaliado em Orlando ‚Äď Em m√©dia a partir de 15 d√≥lares
  • Ingresso √ļnico de parque da Disney ‚Äď A partir de 109 d√≥lares
  • Ingresso √ļnico do parque da Universal ‚Äď 120 d√≥lares

Fiz um guia completo sobre Preços e quanto gastar em Orlando, onde você encontra ainda mais detalhes sobre os valores para calcular seu orçamento de viagem.

Vá além de Orlando

Pra finalizar, a dica mais importante de todas: N√ÉO FIQUE S√ď EM ORLANDO.

Caso você não seja um adolescente, ou não seja dominado por eles, aproveite para conhecer cidades muito mais interessantes na Flórida e nos estados próximos.

Por exemplo, sabia que a cidade mais antiga dos Estados Unidos fica na Flórida? Estou falando de Saint Augustine, a apenas 170 km de Orlando. Além de ser um passeio histórico, a cidade fica no litoral, o que facilita para você combinar com a visita a alguma praia.

De carro ou de trem, vá visitar Savannah, outra importante cidade histórica com fama de mal-assombrada. Lá foram gravados filmes clássicos como Forrest Gump e Meia-noite no Jardim do Bem e do Mal. Fica a cerca de 5 horas de Orlando.

Aqui no blog voc√™ encontra mais dicas para sua viagem e ainda pode tirar suas d√ļvidas. Basta perguntar pelos coment√°rios abaixo ou entrar em contato pelo e-mail nivaldo@buenasdicas.com.

Desejo a você e sua família uma excelente viagem a Orlando e outros destinos na Flórida.

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

        • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
        • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO

Criador e editor do Buenas Dicas, o blog de viagem super sincero. Siga nossas redes sociais e para d√ļvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Coment√°rios