Pesquisando passagens aéreas na Colômbia pelo Skyscanner, os voos mais baratos que encontrei estavam sendo vendidos por uma tal de Edreams. Nunca tinha ouvido falar. Até que fui pesquisar no linkedin e vi um conhecido que trabalha lá, na sede da empresa em Barcelona. Bom, se existe (analisei também de outras formas, como explico no texto) resolvi confiar e seguir a compra.

As passagens entre San Andrés e Cartagena estavam mais baratas pelo Edreams do que pelo site da própria companhia aérea, no caso a Viva Colombia. Como eles conseguem vender mais barato do que a própria empresa, não faço a menor ideia. Esse foi justamente o maior motivo de desconfiança. Resolvi encarar e finalizei a compra sem maiores problemas, pelo próprio site da Edreams.

O que é a Edreams e quais são as companhias parceiras

Pelo que entendi, a Edreams é tipo um Decolar, um Submarino Viagens da vida, um site que busca voos, hotéis, locadoras de carro e monta pacotes de viagem, geralmente fazendo um combo de hotel e voo. Nesses casos, eles costumam oferecer descontos. E como outras empresas do ramo, eles tentam empurrar outros serviços.

Por exemplo, mesmo selecionando apenas a busca por passagens aéreas, depois de escolher o voo, a próxima página é para reserva de hotéis. E o botão pra sair dela é difícil da achar. Bate até aquela dúvida de que você fez a busca certa mesmo. Imagino que a comissão deles com hotéis seja bem mais alta do que com voos, por isso a insistência.

Pegadinha: tente achar o botão para prosseguir a compra sem reservar hotel:

Outra coisa importante a reparar é nas companhias aéreas pesquisadas. Buscando passagens na Colômbia, foram mostrados voos das empresas Latam, Viva Colômbia e Avianca. Sei que os mesmos trechos também são operados pela Wingo, e ela não foi considerada. Pesquisando voos no Brasil, foram listadas as empresas Azul, Gol e Latam, sendo deixada de lado a Avianca e talvez alguma outra menor.

Pra saber quais companhias estão sendo pesquisadas, repare na barra do lado esquerdo. Se quiser buscar em alguma específica, é possível desmarcar as outras que estão consideradas.

Recebi na hora a confirmação e os tickets

Confirmado o pagamento, recebi rapidamente a confirmação dos meus voos por e-mail. Tanto por parte da Edreams quanto da Viva Colombia. A partir desse momento, não tive mais notícias da Edreams.

Tudo então passou a ser resolvido pelo empresa aérea, como pendências de documentos e informação na compra. Acho que o formulário da aérea e do atravessador não se conversam 100%. Por exemplo, a parte de “contato de emergência”. Isso não é pedido pela Edreams, mas é uma informação obrigatória na Viva Colombia. Faltando poucos dias para o embarque, reparei num e-mail da Viva Colombia na caixa de SPAM, dizendo que, se eu não informasse um contato de emergência, não poderia embarcar.

Terror e pânico. Como assim uma mensagem dessa importância vai pra caixa de SPAM? E a Edreams não avisou nada, somente a Viva Colombia. Como expliquei no post sobre essa companhia aérea, não foi fácil adicionar essas informações. E quando pareceu que estava tudo OK, eles voltaram a mandar o mesmo e-mail. Parece que a coisa não salva. E pra cada voo, tem que preencher tudo de novo. Acho que essa é uma falha dupla, tanto da companhia quanto da Edreams. Os sistemas deveriam pedir exatamente as mesmas informações e ser mais inteligentes para ligar os pontos entre os voos.

Então a Edreams é de confiança?

De acordo com minha experiência, achei seguro comprar passagem pela Edreams. Tive esse problema de informações incompletas, que poderia ter sido muito maior se eu não tivesse visto a tempo. Mas o fato de poder tratar diretamente com a companhia aérea facilita o processo. Imagine a novela. Se um telemarketing com poder de resolver problemas já enrola, pense como é um telemarketing que precisa falar com outro telemarketing. Era o que acontecia na Decolar da última vez que comprei com eles. Fiquei sendo jogado de um lado pro outro. Felizmente isso não aconteceu na Edreams.

Bom, agora pelo menos você já sabe que a empresa existe e funciona. Além de buscar relatos como esse, outra dica pra estudar a procedência de uma empresa é buscar se ela tem página com número razoável de curtidas no Facebook, e se as postagens e comentários são frequentes. E o teor dessas conversas. Outra dica é buscar a página da empresa no Reclame Aqui. Afinal não adianta nada existir e ter fãs, se o serviço é muito criticado.

Então vale a pena comprar na Edreams?

Depende. Eu comprei porque a diferença de preços era muito grande. Comprando três passagens internas na Colômbia, gastei R$ 300 a menos do que se tivesse comprado no site da própria companhia. Considero que somente nesses casos de grande diferença de preço vale a pena comprar com o atravessador.

Se a economia for, por exemplo, inferior a R$ 100, ou se o preço estiver o mesmo, compensa mais comprar diretamente com a companhia aérea. Assim fica tudo mais claro, você já informa o que eles realmente precisam saber e, se tiver dúvidas ou problemas, o contato direto com a empresa aérea é garantido.

Em caso de hotéis, não cheguei a reservar com eles, pois sempre utilizo o Booking, onde consegui ser cliente Genius, com 10% de desconto em diversos hotéis. Além de ser um site mais fácil de utilizar e ter políticas claras quanto a pagamentos, cancelamento grátis e outras coisas. (Veja os comparativos Booking ou Trivago ou Hotéis.com e o novo Booking ou Airbnb)

Alguma dúvida?

Se você ainda estiver na dúvida sobre a Edreams, busque também outras opinões. E se eu puder ajudar, é só perguntar aqui nos comentários abaixo. Eu respondo sempre o mais rápido possível. Boa viagem!

Para planejar sua viagem:  
  1. Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  2. Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  3. RentCars: aluguel de carro pelo menor preço nas principais locadoras do mundo
Viaje com descontos:
  1. 100 reais de desconto no Airbnb
  2. 5% ou mais de desconto em Seguro Viagem
Autor

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários