A capital chilena é uma cidade de clima ameno, sem exageros de temperatura. Mesmo assim, é preciso planejar bem quando ir para Santiago de acordo com o que você pretende fazer. Afinal, tem a melhor época pra tudo: para os vinhos, para as praias, para a neve. E tem também as baixas temporadas, para quem gosta de economizar na viagem.

É importante frisar que Santiago tem duas estações bem definidas e que vão mudar completamente o seu roteiro de viagem. Seja para esquiar nas montanhas próximas ou curtir o visual em algumas das melhores praias do Chile, entenda agora quando faz frio, quando chove, quando faz calor e quando ir para Santiago na melhor época para cada tipo de roteiro. Não se esqueça de organizar também o que fazer em Santiago.

Temperaturas médias e clima em Santiago

O gráfico abaixo mostra as médias de temperaturas mínimas e máximas de cada mês. Isso significa que podem ocorrer picos de temperaturas mais baixas ou mais altas. Mas, historicamente, estas são as médias. Exemplo: em janeiro, a temperatura em Santiago costuma oscilar entre 13 ºC e 30 ºC.

Chuvas: não se preocupe com elas em nenhuma época do ano. Em Santiago é quase impossível chover mais de 7 dias em um mês. Junho e julho são os meses com mais probabilidade de chuva, mas isso dificilmente vai estragar sua viagem. Já em dezembro, janeiro e fevereiro é praticamente impossível chover em Santiago. Pra ver como isso é pouco, compare com São Paulo, onde ocorrem cerca de 15 dias de chuva em cada mês de verão. O volume de água que cai em São Paulo em apenas dois meses é maior do que o de um ano inteiro em Santiago. Dá uma olhada aqui nessa tabela pra ver mais detalhes de clima e precipitação.

 

Quando ir para esquiar perto de Santiago (inverno)

Do meio de junho ao meio de setembro. Essa é a época da temporada de neve oficial no Chile. Mas como ninguém controla o tempo, todo ano isso pode mudar. Por exemplo, pode ter neve o suficiente até o fim de outubro. Mas, historicamente, é de junho a setembro que tem volume de neve o bastante para esquiar nas estações próximas a Santiago, como El Colorado, La Parva, Farellones e Valle Nevado.

Complexo de esqui e hotéis de Valle Nevado, perto de Santiago

 

Quando ir para visitar as vinícolas

Março, abril e maio. São meses de outono, de clima ameno, bons pra andar, conhecer os processos e saborear os vinhos. E é exatamente nessa época em que as parreiras ficam carregadas de uvas, prontinhas para a colheita. Se tiver sorte com o ponto da uva, você pode colher e experimentar a fruta na hora. Mas, se a sua meta é apenas conhecer os processos de produção e degustar os vinhos, aí vale ir em qualquer época do ano.

De março a abril é a melhor época em Santiago para visitar as vinícolas

 

Quando ir para conhecer as praias (verão)

Dezembro a março. Ou o ano inteiro. O verão no Chile (e em todo o hemisfério sul) vai de meados de dezembro a meados de março. É quando chove menos, o sol brilha forte e torna possível nadar e surfar no mar gelado da região central do Chile, nas praias próximas de Santiago, como Viña del Mar, Reñaca e Algarrobo. Agora, se você quer apenas explorar a região litorânea, sem entrar na água, vale a pena ir em qualquer época do ano.

Praia central de Viña del Mar

 

Quando ir para gastar menos com passagem

Março. Ou quando achar promoção. Segundo o site extra, historicamente é no mês de março, fim do verão, que estão as passagens mais baratas do Brasil pra Santiago. Mas para isso é preciso comprar com alguns meses de antecedência. Claro que podem surgir promoções de passagens em outros meses. Então fique atento a sites de comparação de preços de passagens como Skyscanner e nos avisos do Melhores Destinos.

Cordilheira dos Andes coberta de neve, vista de Santiago

 

Quando ir para economizar com hotel

Evite dezembro, janeiro e julho. Santiago é uma metrópole e tem muita gente o ano inteiro, principalmente a negócios. Então é difícil encontrar preços de hotéis muito abaixo do normal. Mas dá pra saber quando tudo fica mais caro, o que acontece nos meses de férias escolares, que ainda coincidem com o auge do verão, em janeiro,  e da temporada do neve, em julho. Dezembro, principalmente nas vésperas do réveillon em Santiago, os preços também sobem. Promoções em hotéis ocorrem mais em setembro e outubro, no final da temporada de esqui.

Piscina do Ladera Hotel, que realizou esta promoção na temporada de neve em Santiago

 

Pra mim, a melhor época do ano em Santiago

Se o objetivo é fazer turismo principalmente na parte urbana de Santiago, sem se preocupar com praias e neve, a dica é viajar nas médias temporadas, nas meses de outono e primavera. É quando o clima fica mais ameno em Santiago, em dias geralmente ensolarados e noites com um frio leve, ideal para curtir os bons restaurantes da cidade e caminhar bastante. Particularmente, acho abril a melhor época do ano em Santiago.

Primavera no Chile: oficialmente, o outono no hemisfério sul é do meio de setembro ou meio de dezembro. Mas como dezembro no Chile já começa a chover mais e os preços ficam mais altos, melhor viajar até novembro. Então a melhor época de Santiago no outono é de setembro a novembro.

Outono no Chile: de março a junho, exatamente quando ocorre o outono no hemisfério sul, é minha época preferida do ano em Santiago.

Alguma dúvida sobre quando viajar para Santiago?

Tentei fazer a lista o mais completa possível, mas é impossível tirar todas as dúvidas de uma vez só. Então, se você ainda não sabe qual a melhor época em Santiago para o seu roteiro, ou tem dúvidas sobre temperaturas, climas, chuvas e o que levar na mala, é só perguntar! Aqui embaixo tem um formulário pra comentar. Eu leio todas as perguntas e sempre respondo o mais rápido possível.

Fotos: Pixabay, Buenas Dicas, Cesar Martins (CC) e dilvugação de hotéis e órgão de turismo no Chile
Para planejar sua viagem:  
  1. Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  2. Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  3. RentCars: aluguel de carro pelo menor preço nas principais locadoras do mundo
Viaje com descontos:
  1. 100 reais de desconto no Airbnb
  2. 5% ou mais de desconto em Seguro Viagem
Autor

Criador e editor-chefe do Buenas Dicas. Contato: nivaldo@buenasdicas.com

9 Comentários

  1. Olá, Nivaldo!
    Estou pesquisando uma cidade da America do Sul para fazer intercâmbio de 1 mês e me interessei por Santiago, leio muitos comentários positivos, sobre desenvolvimento e segurança, quanto ao custo de vida, o que você acha? E penso em ir entre Março e Maio, esse período é possível ver neve mesmo que não tenha possibilidade de esquiar?
    Agradeço a ajuda.

    • Nivaldo Responda

      Olá, Patricia. Eu adoro Santiago e teve uma época que também pensei em fazer intercâmbio lá, mas acabei trocando o plano para um mochilão por vários países, incluindo o próprio Chile. Comparando com outras capitais da América do Sul (estive também em Buenos Aires, Montevidéu, Lima e Bogotá), Santiago tem o melhor metrô e maior sensação de segurança. Mas, como em qualquer capital, é importante ficar esperto, porque tem muitos batedores de carteira em pontos turísticos.

      O que pega em Santiago é o custo de vida. Apesar de aparecer somente em sétimo lugar neste Ranking de cidades mais caras da América do Sul, os preços lá estão assustando quem ganha em real. Na cotação de hoje, R$ 1 compra 170 pesos chilenos. Pra se ter uma ideia, na primeira vez que fui pro Chile, em 2008, o mesmo R$ 1 comprava R$ 330. Quase o dobro. Digo isso só pra traçar uma comparação, pois pode valer mais a pena ir estudar na Espanha, onde o espanhol é mais fácil de entender e pode custar mais barato mesmo com passagens mais caras. Por exemplo, em cidades medianas como Sevilla e Granada, onde tem boas escolas.

      Outra dica sobre intercâmbio, é buscar uma cidade menor, onde o custo de vida é mais baixo e é mais fácil fazer amizades e se locomover. Se quiser Chile mesmo, procura se tem algo no interior. (Não sei de onde você é, talvez seja de uma cidade pequena e queira morar numa grande. Eu, que sempre morei em cidades grandes, tipo São Paulo, prefiro viajar para lugares menores).

      Março e maio são meus meses preferidos no Chile. É outono, clima ameno, friozinho à noite, acho perfeito. Mas março e início de maio é difícil ver neve. Na região de Santiago, na máximo os picos mais altos da cordilheira ficam nevadas, porque o inverno acaba em setembro, então já tá muito longe. Mesmo Cajon del Maipo já está sem neve. Geralmente começa a nevar no meio de maio. Se for do fim de maio pro início de junho, tem muita chance de conseguir esquiar.

      Ajudou? Qualquer dúvida continuo aqui pra tentar responder. Abraço.

  2. Olivia Gomes de Faria Responda

    Olá!! Planejo ir para Santiago no mês de maio para ficar uns 5 dias. Quanto deve levar em dinheiro para gastos com alimentação, passeios e qual moeda?

    • Nivaldo Responda

      Oi Olivia. Sobre gastos, depende muito do seu estilo de viagem. Tipo, se vai comer mais em lanchonete ou prefere restaurantes famosos, se vai fazer passeios por conta própria, usando metrô, ou se vai comprar pacotes de passeios com agências de turismo. Tem muitas variáveis. Se já souber praticamente tudo o que pretende fazer em Santiago, dá pra somar, buscando média de preços de cada coisa. Inclusive restaurantes. Por exemplo, se for comer num restaurante famosos pra turistas, tipo o Aqui Está Coco, pode considerar um gasto de R$ 100 por pessoa. Mas Santiago também tem bons restaurantes você pode comer o prato do dia por menos de R$ 30. Então, como falei, depende muito.

      Sobre que moeda levar: recomendo já levar do Brasil uma quantidade suficiente de Pesos Chilenos (CLP). Dá uma pesquisada nas casas de câmbio da sua cidade e compra onde estiver mais barato. Nas minhas viagens, sempre foi mais barato comprar no Brasil do que no Chile. Com a vantagem de ter confiança de não estar sendo enganada. Isso porque circula muita nota falsa no Chile. Outra vantagem é já chegar com a moeda do país, assim você não precisa trocar nada no aeroporto, onde o câmbio é péssimo e pode ter cobrança de taxa. Dica: quando for comprar seus Pesos Chilenos, peça em notas pequenas. Evite principalmente a maior nota, que é a de 20 MIL PESOS. Isso porque muita gente não tem troco e os taxistas chilenos são famosos pelo golpe do troco. Dá uma olhada aqui: https://www.buenasdicas.com/taxi-santiago-golpes-alternativas-4394/

      Então, independente da época do ano que for sua viagem para Santiago, tem que planejar esses detalhes.

  3. Olá Nivaldo, gostei muito de suas dicas.

    Pretendo ir ao Chile em meados de julho/18 (SP – Chile)
    Mas a idéia são 5 dias lá e 5 dias em outro país..o que vc sugere?
    Disseram que 5 dias no chile é suficiente – será?

    abc Diva

    • Nivaldo Responda

      Oi Diva. Nesse tempo dá pra fazer muita coisa. Um dos primeiros posts aqui do blog pode ajudar você: Roteiro de 10 dias no Chile e na Argentina. Ele é baseado na minha primeira viagem pro Chile, quando aproveitei pra ir de ônibus na Argentina. Mas como você vai em julho, tem que ficar atenta às condições das estradas nos Andes, porque pode ter nevasca e fechar por dias as passagens.

  4. PRETENDO IR PARA SANTIAGO NO INICIO DE MAIO E GOSTARIA DE SABER QUAL A PROBABILIDADE DE NEVAR. MINHA INTENÇÃO
    É DE VER A NEVE E ESQUIAR. ESTOU COTANDO OS VALORES DOS HÓTEIS E ME INTERESSEI PELO ICON HOTEL SANTIAGO E PELO RENAISSANCE SANTIAGO HOTEL. QUAL VC ME INDICARIA? E COM RELAÇÃO Á GASTRONOMIA? QUAIS RESTAURANTES VC ME INDICARIA? GOSTO MUITO DE CARNE VERMELHA.
    ATT.
    PRISCILLA

    • Nivaldo Responda

      Oi Priscila. Em maio do ano passado já estava nevando bastante nos Andes perto de Santiago. Mesmo com muita neve no início de maio 2017 em Valle Nevado, a estação só começou a funcionar no final de junho. Isso porque, pra estação operar, a camada de neve precisa ter certa altura. Então tem chances de você ver neve em maio e até andar sobre ela, mas vai ser difícil esquiar nessa época nas estações mais próximas da capital. A temporada também é na mesma época se você quiser esquiar em Pucón, no sul do Chile.

      Escolheu bons hotéis. Eu ficaria no Icon Hotel, por ser um pouco mais em conta e ao lado da estação de metrô.

      Sobre restaurantes, gostei muito do Bocanariz e do W Santiago. Dá uma olhada nessa lista de Restaurantes em Santiago

Escreva seu comentário