Cartagena, Colômbia

Islas del Rosario ou Playa Blanca: qual passeio vale a pena fazer?

Comparativo de praias, preços, comida e transporte entre Playa Blanca e Islas del Rosário, principais passeios em Cartagena.

Em Cartagena, existem dezenas de passeios a praias próximas. Os dois principais são para a Playa Blanca, na Isla Barú, e para as praias privativas das Islas del Rosario, um pequeno arquipélago caribenho. Onde é melhor? Qual praia vale a pena conhecer?

Eu fiz os dois passeios e tive experiências completamente opostas. Um passeio foi incrível e o outro foi um desastre, que estragou um dia inteiro de viagem. Então, pra você que está se decidindo qual entra no seu roteiro, se Playa Blanca os Islas del Rosário, aqui vão meu relato e minha sugestão.

Islas del Rosário: é um paraíso, mas escolha o hotel certo

As 28 ilhas que formam esse pequeno arquipélago tem algumas das 10 praias mais bonitas da Colômbia. Elas ficam a pouco mais de 1 hora de barco de Cartagena e possuem pouco mais de mil habitantes. E provavelmente quase todos eles trabalham nos hotéis das ilhas. A maior delas e a Isla Grande, onde estão os principais hotéis e suas praias privativas. Resumo:

  • Tempo de viagem: 50 minutos de barco
  • Preço médio: de R$ 150 a R$ 200
Praia no Gente de Mar, na Isla Grande das Islas Rosario

E é para esses hotéis que partem os passeios que saem de Cartagena. Eu escolhi passar o dia no Gente de Mar, por ser um dos únicos com praia de areia. O lugar é incrível. O passeio, que custou 190 mil COP por pessoa, inclui transporte em lancha no próprio hotel, almoço típico e acesso à praia privativa e comodidades como banheiro e redes. Valeu a pena cada centavo gasto. Foi o melhor dia de toda a viagem para Cartagena.

Mas já li relatos de quem não gostou das Islas Rosario. E todos eles tem uma coisa em comum: a pessoa se desapontou com a estrutura do hotel e com a praia. Acho que isso acontece porque a pessoa vai com aquele ideal de praia do Caribe, de areias claras e água de um azul inacreditável. Acontece que muitos desses hotéis ocupam trechos sem faixa de areia, e colocam cadeiras sobre jardins e áreas artificiais. Aí a pessoa já precisa entrar direto no mar em alguma profundidade, como numa piscina.

Por isso, aconselho a quem for para as Islas Rosario, pesquisar bastante sobre os hotéis. Alguns estão sucateados, e a comida é ruim, outros não tem praia de verdade. Recomendo também reservar diretamente com o hotel. Se comprar com agências de turismo, vai sair mais caro e a chance de ir em barco velho é maior.

Por isso recomendo o Gente de Mar. Fui numa lancha nova, que optou sempre pelos caminhos mais tranquilos no mar, mesmo gastando mais combustível. E como disse, a praia é linda, a comida estava boa e a estrutura é bem cuidada.

Playa Blanca, meu maior arrependimento

Depois de ler algumas críticas e poucos elogios, já estava convencido de que a Playa Blanca não merecia uma visita. Mesmo assim, só pra poder dar minha própria opinião aos leitores, resolvi encarar esse que é um dos passeios mais vendidos de Cartagena.

  • Tempo de viagem: 40 minutos de barco ou 1h30 de ônibus
  • Preço médio: de R$ 60

Mais perto de Cartagena é acessível por terra, o melhor caminho até lá também é de barco. Pelo preço de apenas 50 mil COP (três vezes mais barato que qualquer passeio para as Islas Rosario), estão incluídos transporte de ida e volta e um almoço típico. Ótimo, não? Não.

A Playa Blanca é o barato que sai caro. Depois de 30 minutos de atraso e 40 minutos dentro do barco, finalmente cheguei à praia. Linda, porém suja e repleta de vendedores insuportavelmente chatos. A comida tinha um aspecto estranho e preferi recusar.

Se for cabeça dura e quiser por tudo fazer esse passeio, recomendo que escolha a opção que inclui uma volta de barco pelas Islas del Rosario, com parada no Oceanarium Rosario Islands. (Mesmo que isso seja um turismo estúpido, é melhor ficar lá, mesmo sem pagar para entrar, do que sentado no inferno da Playa Blanca)

No fim das contas, como expliquei no post Um dia no inferno da Playa Blanca, paguei um preço absurdo por cadeira e guarda-sol, fui, de certa forma, extorquido pelo garçom e passei o dia sem ter paz por um mísero minuto, ao som de jetskis manobrando em meio as banhistas. E a volta foi uma aventura sobre as ondas, dentro de um barco se quebrando.

E aí, Playa Blanca ou Islas del Rosario?

Não pense duas vezes e vá direto para alguma praia privativa das Islas del Rosario, como o Gente de Mar. Custa bem mais do que o passeio para a Playa Blanca, mas vale a pena. Se tiver outros dias sobrando, aproveite para andar muito nas ruas históricas de Cartagena e para conhecer Santa Marta, que é a segunda cidade mais antiga da Colômbia e tem lindas praias, além de ser porta de entrada do Parque Tayrona.

Mais Buenas Dicas em Cartagena:

 

Viajar com tudo reservado é bem melhor
  • Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  • Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  • RentCars: aluguel de carro pelo menor preço em dezenas de países
  • Chip Internacional: internet no celular em qualquer lugar do mundo

Descontos para economizar na viagem (e antes dela)

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários