Escolher entre Cartagena e San Andrés não é fácil. Os dois principais destinos turísticos da Colômbia têm atrações de sobra. E são muito diferentes entre si. Se não tem tempo para conhecer os dois destinos, entenda qual é o melhor para você.

Na minha última viagem para a Colômbia, tive o privilégio de passar 5 dias em Cartagena e 4 dias em San Andrés. Fiz as melhores atividades, conheci os lugares mais bonitos e por isso acho que posso ajudar nessa difícil escolha pra quem não pode conhecer os dois lugares numa viagem só.

Comparei diversos fatores importantes, que podem definir o destino de uma viagem. Pra escolher San Andrés ou Cartagena, depende de preferências pessoais e familiares de cada um. Vamos à disputa! (Antes de viajar, leia nossas 15 dicas de viagem para a Colômbia)

E agora, San Andrés ou Cartagena? Entenda a comparação pra se decidir.

 

Melhor para comer: Cartagena

Cartagena tem 1 milhão de habitantes e um centro histórico com centenas de restaurantes, cafés, lanchonetes e bares, além de vendedores ambulantes de frutas, arepas e outras especialidades colombianas. Há diversas pizzarias, hamburguerias, restaurantes italianos, pubs ingleses e muitos lugares especialistas em comidas tradicionais da Colômbia, do Peru e frutos do mar.

Menos de 100 mil pessoas vivem nas ilhas de San Andrés e Providencia. A maior concentração de restaurantes está em North End, o centro turístico da ilha principal. Mas as opções são limitadas e tudo é voltado pra turista. O que significa que nada é realmente bom. Às margens daquele mar imenso, num restaurante bem avaliado, tiveram a cara de pau de me servir um peixe descongelado em microondas. Depois, tentei comidas mexicanas, peruanas, colombianas, e nada foi além do razoável.

Almoço: peixe frito com arroz de coco, na praia privativa Gente de Mar, em Cartagena

 

Melhor para se hospedar: Cartagena

Cartagena tem opções pra todos os bolsos e gostos. Tem hotéis 5 estrelas, albergues, pousadas charmosas, resorts, flats e quartos pelo Airbnb. E as localizações também são variadas. É possível se hospedar no centro histórico (Cidade Amuralhada), no moderno bairro de Bocagrande ou à beira do mar azul do Caribe nas Islas Rosario, como no hotel Gente de Mar. Para não errar na localização, entenda onde se hospedar em Cartagena.

San Andrés tem uma oferta bem menor de hotéis e as diárias são mais caras do que em Cartagena, mesmo em hotéis piores. Hotéis velhos e mal cuidados são caros o ano inteiro. Pra se hospedar realmente bem, é preciso escolher hotéis 5 estrelas, como o all inclusive Decameron Isleño, que tem ótima localização em frente à praia principal. Por isso é importante planejar bem onde ficar em San Andrés.

Vista da piscina do Plaza Hotel, em Cartagena

 

Melhores praias: San Andrés

As praias perto da Cartagena, no continente, são todas feias. A única praia urbana razoável é no bairro de Bocagrande, onde a areia é escura e o mar é barrento. A praia bonita mais próxima de barco é a Playa Blanca, que apesar de linda é um inferno dominado por ambulantes insistentes. Pra curtir o Caribe de verdade e em paz, é preciso comprar um passeio caro e encarar mais de 1 hora de viagem de lancha até as Islas Rosário.

San Andrés é uma ilha paradisíaca de fora a fora, onde até a praia urbana é incrivelmente linda. Ao dar a volta na ilha, lugares como West End e La Piscinita conquistam de vez o visitante. E nos “cayos”, as pequenas ilhas cercadas por corais, as praias são de águas ainda mais mornas e cristalinas, perfeito pra observar a vida marinha.

La Piscinita, em San Andrés

 

Melhores preços: San Andrés

Apesar dos hotéis em San Andrés, em média, terem pior custo-benefício do que em Cartagena, outras coisas custam menos na pequena ilha. Isso porque os principais passeios em São Andrés são muito baratos, como ir para Johnny Cay e Isla Acuario, que em média custa R$ 30. Enquanto isso, para visitar as melhores praias das Islas Rosario, em Cartagena, é preciso desembolsar pelo menos R$ 150 por pessoa.

Além disso, a praia de Spratt Bight, no centro de San Andrés, é diversão gratuita todos os dias. Já em Cartagena, se não quer sair da cidade, vai acabar passando o dia de café em café, de sorveteria em sorveteria, o que não é tão legal e custa muito mais.

Cooperativa de turismo em San Andrés, melhor lugar para comprar passeios

 

Melhor para compras: San Andrés

Em Cartagena proliferam-se lojas de souvenires turísticos, esmeraldas, óculos escuros e chapéus. Mas nada é extraordinário ou realmente diferente do que estamos acostumados no Brasil. Os preços também são quase iguais, exceto pelas esmeraldas. Mas e o medo de comprar um vidro verde? Preferi não me arriscar.

Já San Andrés é zona livre de impostos. Centenas de lojas se concentram em North End, próximas à praia de Spratt Bight. Ali estão lojas de perfumes, eletrônicos, pescaria, brinquedos, roupas, outlets de grifes internacionais, cosméticos, vitaminas e tudo o que você imaginar. Há lojas pequenas e grandes redes. Muitas coisas o preço compensa, apesar da alta do dólar.

Comprar não é o que motiva minhas viagens, mas se esse quesito é importante pra você, tá aqui mais um ponto pra ilha. E agora, tá ficando mais fácil ou mais difícil escolher Cartagena ou San Andrés?

 

Melhores atrações culturais: Cartagena

Nenhum outro lugar na Colômbia tem a história tão preservada quando Cartagena. Seus palácios, casarões coloniais e praças são a maior atração da cidade, que ainda tem lugares como o Castelo de San Felipe e a a muralha de 11 km de extensão construída pelos espanhóis no século 17.

Já San Andrés, que é muito menor e nunca foi uma potência econômico ou cultural, guarda poucas recordações do passado. Na principal concentração urbana, a arquitetura é toda contemporânea e sem nenhum charme. O principal lugar pra entender a história da ilha é a pequena Casa Museo Isleña.

Castela de San Felipe de Barajas, em Cartagena

 

Melhor clima: San Andrés

Cartagena é um caldeirão. Além das temperaturas quase sempre acima de 30 ºC e que não raro ultrapassam os 40 ºC, a umidade faz suar a qualquer hora do dia ou da noite. E como o centro é cercado por uma muralha, a brisa do mar quase não circula nas ruas históricas. Entre 11h e 16h, é melhor ficar quieto no hotel, de preferência à beira da piscina ou trancado com o ar-condicionado. Mesmo entre junho e novembro, quando chove bastante, o calor não dá trégua.

Em San Andrés o clima é muito mais ameno. O  ano inteiro, as temperaturas médias oscilam entre 20 ºC e 30 ºC. Sem grandes prédios e cercada de mar, o vento circula fácil na ilha.  O único problema é a temporada de furacões: ao contrário do que diz o senso comum, San Andrés está sim na rota de furacões no Caribe. Mas, fora dessa época, é um lugar mais agradável do que Cartagena.

 

Melhor vida noturna: Cartagena

Pequena e isolada, San Andrés está longe de ter uma vida noturna agitada. Existem poucas boates na ilha. Uma das únicas baladas locais é o Coco Loco. Se estiver num dos maiores hotéis, também poderá contar com as festas privativas. Já Cartagena é pulsante 24 horas por dias. A qualquer hora é possível encontrar cafés e lanchonetes abertas. A partir de quinta, o agito é ainda mais intenso nos pubs, bares e baladas da cidade. O ponto de concentração principal é na Praça do Relógio. No Getsemaní a maior festa é grátis, nas ruas, com epicentro na Plaza de la Trinidad.

 

Afinal, é melhor viajar para Cartagena ou San Andrés?

Se você gosta muito de praia, quer praia todo dia, natureza, mergulho, submarino, vida marinha, mar azul e águas cristalinas para qualquer lado que olhar, escolha San Andrés. Lá vai ter praia grátis todo dia e passeios baratos e incríveis para fazer. E de quebra pode aproveitar as lojas de importados da ilha.

Se você gosta de arquitetura, história, baladas e quer experimentar muitas comidas típicas, escolha Cartagena. Praia não deve ser o foco ,é só um extra, que não vai ocupar nem metade dos seus dias.

Essa foto é a essência das diferenças entre Cartagena e San Andrés. Enquanto a primeira é pura história, com uma pitada de praia, a segunda é só praia, com um pitada de compras.
Para planejar sua viagem:  
  1. Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  2. Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  3. RentCars: aluguel de carro pelo menor preço nas principais locadoras do mundo
Viaje com descontos:
  1. 100 reais de desconto no Airbnb
  2. 5% ou mais de desconto em Seguro Viagem
Autor

Criador e principal editor do Buenas Dicas, o blog do viajante inteligente (que é você 😄). Siga nossas redes sociais e para dúvidas, propostas e parcerias, veja nosso contato.

Comentários