7 dicas sinceras para sua viagem ao Egito (erros e acertos)

Estas são as dicas de viagem ao Egito mais sinceras que você verá. São baseadas em minha experiência pessoal, cheia de erros e acertos.

Diferente do que dizem as más influências e os artigos patrocinados, o Egito está longe de ser uma maravilha. Por isso, é preciso planejar bem a viagem e ter atenção a estas informações.

Na minha viagem ao Egito, passei por Cairo, Gizé, Luxor e Aswan. Cometi alguns erros e caí em ciladas. Mesmo me planejando. Mas também acertei em muitas coisas. E aqui estão as dicas mais importantes para você fazer uma viagem melhor do que a minha.

Templo de Luxor, Egito

Viagem ao Egito: dicas úteis com excesso de sinceridade

O Egito é seguro?

O assunto segurança é muito complexo no Egito. Durante minha viagem, não vi razões para me preocupar com situações como roubos a mão armada ou sequestros, tão comuns no Brasil.

Mas andei apenas por bairros ricos e arredores de atrações turísticas.

Por outro lado, há uma evidente preocupação com o terrorismo. Depois de ataques como esse e principalmente devido ao Massacre de Luxor, o Egito sofreu com a redução drástica no número de turistas, que são a principal fonte de renda do país.

Para evitar novos episódios, o Governo do Egito impôs controles rigorosos em aeroportos, estradas, hotéis e pontos turísticos. Pra se ter uma ideia, até pra entrar no hotel no Cairo, era preciso passar pelo detector de metais e inspecionar as malas no raio-x.

Só que, em vez de me sentir protegido, eu ficava reparando no descaso dos funcionários de segurança. Eles parecem fazer tudo de qualquer jeito, sem atenção. Como falei no post Egito ou Turquia, eu cheguei a ver um fiscal no aeroporto jogando Candy Crush no celular, enquanto as malas passagem pela esteira.

Outro problema frequente é em relação às mulheres que viajam sozinhas ou em grupos de mulheres. Li muitos relatos de assédio e até perseguição. Mas não vi ou conversei com nenhuma viajante nesse perfil, e no meu grupo havia apenas homens e casais.

No Global Peace Index, o Egito é avaliado como um país de paz intermediária na África, sendo considerado menos seguro do que Marrocos e Angola, por exemplo, e mais pacífico do que África do Sul. O Egito está melhor posicionado do que o Brasil.

1. Vá ao Egito entre novembro e abril

Faz calor todos os dias do ano no Egito. Mas entre maio e outubro, a sensação térmica fica na casa dos 40 ºC. Como a maioria das atividades é a céu aberto, e não tem árvores no deserto, o clima é insuportável.

Por isso, a dica é viajar ao Egito nos meses de clima menos quente, que são novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março e abril. Eu fui em março: fazia calor durante o dia e um friozinho gostoso à noite.

Entres esses meses, se tiver maior flexibilidade, prefira ir entre dezembro e março, meses de inverno, quando o calor é ainda menor.

2. Faça o melhor seguro viagem possível

Seguro viagem não é obrigatório para turistas no Egito. Então você pode economizar um pouco, certo?

Eu não faria isso. Tanto que fui com dois seguros: o do cartão de crédito (gratuito) e o que contratei (aqui) para ter acesso a uma rede credenciada, pois o do cartão funciona apenas por meio de reembolso.

Bastidores: comércio atrás das Pirâmides

Lembre-se que o Egito é um país muito pobre. Sua infraestrutura médico-hospitalar é muito inferior à do Brasil.

Com um bom seguro viagem, além de ter acesso ao melhor atendimento, entre outras coberturas, você tem auxílio para encontrar hospitais de padrão internacional. Uma dica importante: contrate um plano com atendimento online, que é bastante útil em casos menos graves.

3. Contrate uma agência de receptivo no Cairo

Eu já falei aqui no blog que ir ao Egito com agência de viagem não é tão essencial assim, pois é fácil contratar os principais passeios por conta própria, gastando muito menos.

Mas desembarcar no faraônico Aeroporto do Cairo e passar pela imigração, conhecida pela corrupção, sem apoio algum, é perrengue garantido.

Então, agende pelo menos essa parte com uma agência de turismo.

Na minha chegada, o funcionário da agência estava me esperando antes da imigração. Comprei o visto diretamente com ele (25 dólares) e passamos juntos pela fiscalização. E logo embarcamos na van da agência rumo ao hotel.

4. Não faça tudo: visitar templos é exaustivo

Visitar as Grandes Pirâmides é mesmo imperdível. Conhecer a Pirâmide de Saqqara foi um bom passeio. O Museu Egípcio (cheio de múmias) também vale a visita.

Mas quase todos os outros passeis do Cairo foram desnecessários, como o famoso mercado de rua Khan El Khalili e uma loja de papiros, supostamente tradicionais, enfiadas nos roteiros pelas agências.

A sequência de visitas extenuantes foi ainda pior durante o Cruzeiro entre Luxor e Aswan.

Todos os dias, acordávamos às 4 horas da madrugada para iniciar as visitas aos templos pelo caminho. Chegou um momento que ninguém mais aguentava ver ilustrações e ruínas do antigo Egito.

E digo mais. O essencial do Egito está no Cairo. Apesar de ter algumas coisas legais no sul e no litoral, elas não valem o gasto de tempo e dinheiro.

5. Não alugue carro e hospede-se com estratégia

O trânsito no Cairo é infernal. Chegamos a passar 3 horas na van para percorrer 20 quilômetros. E isso ocorre a qualquer hora do dia. Cansei de ver batidas. Repare quando estiver lá: os carros são todos amassados.

Então, nem pense em alugar um carro. E escolha os hotéis de acordo com seu roteiro, para não ficar preso nos congestionamentos.

  • Nos dias de passeios para as Pirâmides e Saqqara, hospede-se em Giza. Eu fiquei no Swiss Inn Hotel, perto das pirâmides, e gostei da experiência.
  • Para os dias de passeios centrais, como museus e mercados de rua, fique no Centro do Cairo. Fiz o guia Onde ficar no Cairo, com muitas dicas de bairros e hotéis.

6. Saia do roteiro: o melhor do Egito

Os melhores passeios que eu fiz no Egito foram por conta própria, sem guia “egiptólogo” e sem horários pra ir e vir.

Dois passeios muito legais para fazer sem agência:

Vista da Torre do Cairo
  • A visita às Pirâmides. Dá pra ir de Uber. Aliás, Uber funciona muito bem no Egito, sendo mais seguro e prático do que táxi. É mais barato do que no Brasil.
  • Vá na Torre do Cairo. Lá do alto se tem a melhor vista da cidade. Depois, ande pela ilha onde ficar a torre, que é o bairro mais bonito da capital.

7. Vá além do Egito. Dica: Grécia e Turquia

O Egito me desapontou em muitas coisas. É um país fotogênico, que desperta nas pessoas a vontade de conhecê-lo, mas que na prática não é tão legal assim.

Já sua localização é estratégica, a apenas duas horas de voo de Atenas e Istambul.

Então, depois de passar dias comendo mal e fazendo passeios chatos no Egito, tirei a barriga da miséria em Istambul, e em seguida fui ainda mais feliz em Atenas e Santorini.

Aliás, fica complicado para o Egito ao ser comparado com a Grécia. Além de também guardar milênios de história, a Grécia tem as praias mais bonitas no Mediterrâneo, a melhor culinária da Europa e viajar pra lá é muito mais barato do que para o Egito.

Fale comigo: pergunte tudo sobre o Egito

Aqui no blog você encontra dicas de viagem para o Egito nunca antes vistas na internet.

Afinal, ninguém mais diz que é seguro andar de Uber no Egito, pois todos têm parcerias com agências de viagem. Em nenhum outro blog você vê a experiência real de viagem, pois todos foram “convidados” a ir pro Egito.

Se for olhar as dicas de “influencers” de viagem, a coisa degringola de vez. São todos patrocinados, não dá pra acreditar em nada do que dizem.

Então, se você tiver alguma dúvida não saciada por aqui, mande seu comentário ou um email para nivaldo@buenasdicas.com, que eu ajudo você no seu planejamento.

Desejo a você uma excelente viagem ao Egito.


Dicas de viagem escritas integralmente por mim, um ser humano que foi pessoalmente ao Egito. Texto redigido sem auxílio de inteligência artificial e sem patrocínio. Portanto, dicas sinceras e realmente úteis para quem está planejando viajar ao Egito. Fotos tiradas por mim, com direitos autorais protegidos por lei.

Viajar com tudo reservado é bem melhor

Descontos para economizar na viagem

  • Utilize o cupom BUENASDICAS5 na Seguros Promo e tenha   5% de desconto  em seguro viagem
  • Acesse o site O Meu Chip por esse link e tenha   15% de desconto  usando o cupom CHIPMAISBARATO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *