7 dicas para sua viagem a Balneário Camboriú

Balneário Camboriú é um destino turístico completo, com atrações para a família inteira. Mas é preciso planejar bem para cada um aproveitar melhor a viagem.

Não se preocupe. Estas dicas de Balneário Camboriú são rápidas e direto ao ponto. Assim você já pega as informações mais importantes e inclusive já pode ir anotando, reservando e montando seu roteiro.

Aproveite que agora a praia tá maior. Depois de uma grande obra, a Praia de Balneário Camboriú ganhou 70 metros de largura na faixa de areia. Mais espaço e mais sol para os banhistas.

Sabia que o Beto Carrero World fica a apenas 40 minutos do Balneário Camboriú? A melhor forma de chegar lá é de carro (consulte preços), pois assim você fica o tempo que quiser, e ainda pode dormir uma noite em Penha, caso queria passar um segundo dia no parque.

Dicas de Balneário Camboriú – Planejamento de viagem

E veja também nossa “FAQ” com respostas para as perguntas frequentes sobre viagem a Balneário Camboriú e tire suas dúvidas.

No litoral norte de Santa Catarina, região com algumas das praias mais bonitas do sul do Brasil, Balneário Camboriú é uma cidade de superlativos: prédios imensos, festas sem hora pra acabar e praias superlotadas. Mas também é um destino tranquilo e familiar, basta saber onde ir.

Com cerca de 140 mil habitantes fixos, e uma população flutuante que pode chegar a 1 milhão na alta temporada de janeiro e dezembro, Balneário Camboriú tem grande infraestrutura e possibilita diferentes tipos de viagem e atividades.

1. Quando ir a Balneário Camboriú – Melhor época

Barra Sul de Balneário Camboriú

É possível dividir as temporadas em Balneário Camboriú de acordo com as estações do ano. A melhor época para viajar vai depender das suas opiniões pessoais. Importante saber que a água do mar é sempre gelada.

Se prefere calor, vá entre os meses de novembro e abril. Desses, janeiro e dezembro são os mais quentes, mas também os mais chuvosos.

Mas se quer ter mais garantias de sol, sem se importar com o frio, vá no inverno, especialmente nos meses de julho e agosto. Como vantagem, a cidade costuma estar mais vazia.

Estações do ano em Balneário Camboriú: vantagens e desvantagens de cada época

  • Verão, de dezembro a março – São meses de muito calor, mas também de muitas chuvas. Janeiro é o mês mais chuvoso do ano, e também o mais quente. Época de cidade e praias cheias.
  • Outono, de março a junho – No final de março o volume de chuvas já reduz bastante e se torna menor ainda em abril. Em abril a chance de chuva é pequena e ainda tem lindos dias de sol e temperaturas acima dos 25 ºC. Perfeito para quem curte praia sem aglomeração. Em maio e junho, apesar dos dias frios serem maioria, tem a possibilidade de “veranico”.
  • Inverno, de junho a setembro – Julho e agosto são os meses mais frios em BC, e também os menos chuvosos. Nesses meses, à noite as temperaturas mínimas podem ficar abaixo dos 10 ºC. E mesmo com o sol durante o dia, fica difícil encarar o vento galado para cair na água mais gelada ainda. Setembro já é mais promissor para pegar uma praia.
  • Primavera, de setembro a dezembro – Aos poucos as chuvas e o calor vão retornando ao litoral norte de SC. Na minha última viagem, em novembro, peguei lindos dias de sol e clima agradável.

2. Como chegar em Balneário Camboriú – Aeroportos, ônibus e estradas

Se vai de avião, o aeroporto de Navegantes é o mais próximo de Balneário Camboriú. São apenas 14 km de distância até o centro, se passar pela balsa (R$ 9 a travessia de carro). A corrida de Uber custa cerca de R$ 30, mas alguns motoristas criam caso em passar pela balsa. O caminho pela BR é bem mais longo (são 40 km) e o trânsito é mais pesado.

Caso vá de carro, como expliquei nesse Roteiro de viagem em Santa Catarina, BC é bem conectada por pistas duplas nos principais sentidos, com vias pedagiadas em ótimas condições e trânsito intenso.

Para quem vai de ônibus, saiba que tem linhas diretas em ônibus confortáveis saindo das capitais mais próximas, que são:

Eu já fui de ônibus a Balneário a partir de Florianópolis, depois seguindo para Curitiba, e foi super tranquilo.

A Rodoviária de Balneário Camboriú é próxima ao centro da cidade e em frente ao shopping. Terminal moderno, seguro e em boas condições. Se quer dormir na região, o Hotel Palmas Executivo ($$) é a melhor opção.

3. Quantos dias ficar em Balneário Camboriú

Suas preferências pessoais também devem direcionar essa escolha. Eu, por exemplo, nunca diquei mais do que 4 noites numa mesma viagem a Balneário Camboriú. Na primeira delas, fui apenas passar o final de semana. Cheguei sexta à tarde, passei o sábado inteiro e fui embora no domingo no final do dia, sentindo que faltava muito pra ver.

Se quer focar em conhecer o máximo de lugares possíveis, sem ficar de bobeira muito tempo nas praias, três dias (duas noites) são suficientes. Sugestão que se encaixa pra quem vem de carro numa roteiro de praias, por exemplo.

Agora, se vai com crianças, vale a pena dedicas um ou dois dias inteiros ao Beto Carrero World, um dia para o centro e a Praia Central e outro dia para uma praia mais tranquila. Dessa forma, fique no mínimo 6 dias e 5 noites.

Tá com pressa? No ônibus panorâmico ($) você conhece os pontos turísticos mais famosos de Balneário Camboriú, incluindo a vista incrível para a Praia do Buraco e uma parada na Barra Sul, num passeio rápido (3 horas de duração) e barato.

4. Hospedagem

O hotel Mercure Camboriú tem localização estratégica na praia.

A região mais turística da cidade é a orla da praia principal, especialmente sua região central. Nessa área estão bons hotéis como Miramar Hotel ($$), com vista para a praia e rodeado de restaurantes, bares e agências de turismo.

Se quiser gastar menos, na mesma região estão hotéis mais baratos, como o Sandri City ($).

Mas se preferir ficar num trecho mais tranquilo da praia, vá para a extremidade norte, ou melhor, a “Barra Norte”, região com bons hotéis e também com muitos apartamentos de temporada, tipo Airbnb, como o Apto BrisaMar BC2, ao lado da roda gigante

Veja nosso guia completo sobre o assunto, com mais dicas de hotéis, pousadas em outras praias e até um resort em praia praticamente privativa, no post: Onde ficar em Balneário Camboriú.

5. Deslocamentos – Como circular em Balneário Camboriú

Depende do que você pretende fazer na cidade e de onde é sua base de hospedagem.

Se estiver no Centro, dá pra se virar bem sem carro. A grande vantagem é não ter dor de cabeça com a falta de vagas para estacionar e os engarrafamentos.  Aproveite para andar a pé e de bicicleta – tem muitos lugares pra alugar e ciclovia na orla.

Para trajetos maiores, use Uber ou táxi, que são abundantes na região central de Balneário.

Vale a pena alugar carro (preços aqui) apenas se for se hospedar nas praias mais afastadas ou se for fazer passeios a destinos mais distantes, como Bombinhas e Itapema. Ainda mais numa viagem em família, pode ter ótimo-custo benefício.

Outra opção é comprar passeios com agências de turismo. Tem várias na região central de Balneário Camboriú e também online, como essa agência parceira do blog, que já utilizei bastante em outros destinos.

6. Passeios – Pontos turísticos e o que fazer

Antes de mais nada, entenda como são as 10 praias de Balneário Camboriú. E veja também outras atividades. Vamos a elas:

A principal atração de Balneário Camboriú é a Praia Central. Com quase 7 km de extensão, ela é o coração da cidade. Tem muitos quiosques, áreas para esportes, locais que alugam guarda-sol e cadeiras e areias quase sempre lotadas. Mas a água não é das mais limpas e a poluição sonora pode incomodar.

Nas extremidades da praia, estão outros pontos turísticos importantes:

  • Na Barra Sul, estão o Oceanic Aquarium, o Molhe da Barra Sul (ótimo lugar para uma caminhada no final da tarde) e o embarque no teleférico do Parque Unipraias Camboriú, que leva até a Praia das Laranjeiras.
  • Na Barra Norte, tem o trapiche de Balneário Camboriú, com passarela que leva até a Prainha. E um pouco adiante está o Morro do Careca, com mirantes imperdíveis e a plataforma de saltos de parapente. Sem disposição, subi até lá de táxi. Mas tem quem encare uma trilha de subida a pé.
  • A Roga Gigante “FG Big Wheel“, a nova atração da Barra Norte. Foi inaugurada no final de 2020. Tem 82 metros de altura e o ingresso custa R$ 58 para adultos e R$ 29 para crianças de 5 a 12 anos e idosos acima de 60 anos de idade.

Se estiver com crianças, faça o passeio para o Beto Carrero World, que fica a apenas 40 km de distância de BC. Você pode ir nesta excursão, que inclui transporte de ida e volta entre seu hotel e o parque. Caso esteja de carro alugado, pode ir por conta própria.  Tá na dúvida? Leia antes as dicas do Viaje na Viagem pra ver como combinar Balneário Camboriú e Beto Carrero.

Parque Unipraias – O que é e como visitá-lo

Não se trata apenas de um bondinho entre a Praia Central e a Praia de Laranjeiras. O Unipraias reúne várias possibilidades e atrativos, como:

  • Bondinho – Esse valor já inclui o acesso ao parque. R$ 68 para adultos, R$ 34 para crianças de 6 a 12 anos e idosos acima de 60, gratuito até 5 anos.
  • ZipRider – Descida mais rápida até a praia, em cadeiras penduradas pelos cabos. Preço hoje: R$ 78.
  • Youhooo – Trenó que faz a descida em meio à Mata Atlântica. Preço hoje: R$ 55 (individual) e R$ 60 (duplo).
  • Fantástica Floresta – Passeio em trenzinho suspenso, ideal para crianças pequenas. Preço hoje: R$ 40 / Gratuito para crianças de até 2 anos de idade.

Valores acima consultados em novembro de 2023. Para ver outras atividades, preços e horários de funcionamento na data da sua viagem, acesse o site oficial: unipraias.com.br

7. Dica de roteiro de viagem a Balneário Camboriú

Pensando numa viagem de final de semana, montei esse roteiro de 4 dias em Balneário Camboriú. Com ele você terá 2 dias inteiros na cidades, o que é o bastante para conhecer os lugares mais interessantes.

Claro que cada um tem suas preferências pessoais. Este roteiro aqui é apenas para quem busca ter uma noção de como organizar o dia a dia da viagem.

Sugestão de roteiro em Balneário Camboriú

  • Dia 1 – Chegada em Balneário Camboriú. Aproveite para descansar e aproveitar o entorno do seu hotel. Se estiver perto da Praia Principal, caminhe bastante na orla e, caso ainda haja sol, pode ir curtir uma praia.
  • Dia 2 – Comece pelo passeio imperdível, o teleférico do Parque Unipraias Camboriú. A vista é incrível lá do alto. O desembarque fica a 200 metros da Praia de Laranjeiras, pode ir caminhando até lá. Para almoçar, a dica é o Costão de Laranjeiras, restaurante pé na areia, na ponta esquerda da praia de águas calmas. Retorno a BC e pôr-do-sol no Molhe de Barra Sul. Tá com disposição pra balada? Veja a lista das melhores no blog Meus Roteiros de Viagem.
  • Dia 3 – Se estiver de carro, vá passear pelas praias. Um bom roteiro é ir até a Praia do Estaleirinho (12 km do centro) e de lá ir voltando a BC, com paradas nas praias e mirantes pelo caminho. Cruze o centro, conheça o Trapiche da Barra Norte e dirija até o cume do Morro do Careca, para curtir o visual de toda a praia central e, no outro sentido, admirar a Praia Brava de Itajaí. Para jantar, o “prato típico” local, a sequência de camarão. Tem em bons restaurantes, como o Sabores do Mar, na Av. Atlântica,
  • Dia 4 – O que fazer nesse dia depende do seu horário de partida. Para não correr risco de perder o voo, aproveite para explorar as redondezas do seu hotel, por exemplo a praia central. Se optar por atravessar a balsa para o Aeroporto de Navegantes, calcule seu tempo com uma boa margem, pois pode haver fila para a travessia.

8. Destinos para combinar com Balneário Camboriú

Bombinhas – Vista do Morro do Macaco

Para deixar sua viagem ainda mais completa, para incluir no roteiro passeios para outras praias e cidades de região. A mais turística delas é Bombinhas, que fica a 35 km de distância – Se o trânsito estiver bom, a viagem dura cerca de 1 hora. Em Bombinhas estão algumas das praias mais bonitas do estado.

Quer um passeio diferente, que não seja praia? Vá para Blumenau. A apenas 60 km de distância, a cidade é a capital da cultura alemã no Brasil e sede da Oktoberfest. A ali pertinho (mais 30 km de viagem) está Pomerode, onde a arquitetura e a culinária alemãs também encantam os visitantes.

Voltando às praias, também vale esticar mais ao norte do litoral, onde estão Penha (cidade do Beto Carrero World) e o famoso balneário de Piçarras, onde está o Museu Oceanográfico Univali, que é um ótimo passeio para os dias de chuva.

Vila Germânica em Blumenau – Passeio sem praia perto de Balneário Camboriú

Perguntas frequentes sobre viagem a Balneário Camboriú

Confira a seguir minhas respostas diretas e sinceras sobre as dúvidas mais comuns que podem surgir numa viagem a Balneário Camboriú.

Quanto custa viajar para Balneário Camboriú?

Depende de quantas noites vai ficar na cidade, e qual seu perfil. Para uma viagem barata em casal, dá pra gastar cerca de R$ 250 por dia por pessoa, considerando hospedagem em hotel econômico, refeições em restaurantes simples e passeios gratuitos pela praia. Já uma viagem mais confortável, com hospedagem em hotéis 3 ou 4 estrelas, restaurantes melhores e passeios pagos no roteiro, vai custar acima de R$ 400 por pessoa.

Qual o mês mais barato para viajar a Balneário Camboriú?

Os meses de março, abril, maio, agosto e setembro são a baixa temporada no litoral de Santa Catarina, época em que hotéis ficam mais baratos e costuma haver mais promoções de voos para Balneário Camboriú (Aeroporto de Navegantes). Fique atento às dicas de quando ir a Balneário Camboriú para evitar frio ou chuvas.

O que fazer com crianças em Balneário Camboriú?

O melhor passeio possível para fazer em crianças é logicamente ficar na praia, com a vantagem de ser de graça. Outras boas atividades para fazer com os filhos em Balneário Camboriú, são o passeio ao Parque Unipraias e passar um dia no Beto Carrero World, parque de diversões que para muitos é melhor do que a Disney.

O que fazer de diferente em Balneário Camboriú?

Para fugir do óbvio das praias, baladas sertanejas e passeios turísticos, a dica é ir para o lado da aventura. Por exemplo, a Trilha do Morro da Teta, relativamente fácil e com uma vista espetacular do alto do mirante. Para os mais radicais, imperdível é voar de parapente ou paramotor a partir do Morro do Careca, entre a Praia Central e a Praia dos Amores.

Vale a pena viajar para Balneário Camboriú?

Depende de suas prioridades.

Se busca um bom destino para viagem em família, ou para se jogar nas baladas e bons restaurantes, ou para curtir diferentes estilos de praia, numa região com boas estradas, segurança acima da média e boa infraestrutura, pode ir tranquilo.

Agora, se não gosta de praias de águas geladas, de cidades movimentadas e se busca destinos mais baratos, há lugares mais recomendados. Por exemplo, praias do Nordeste.

Continue planejando sua viagem para Santa Catarina

Além dessas dicas de Balneário Camboriú, aqui no blog você encontra muitas informações e relatos para continuar organizando sua viagem a Santa Catarina. Aproveite para ver também:

Viaje com tudo reservado

Descontos para você economizar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 Comentários

  1. Kom Bier Tour disse:

    Olá!

    Somos a KOM BIER TOUR e gostaríamos de apresentar os mais novos passeios turísticos, cervejeiros e divertidos de Balneário Camboriú e região.

    • TOUR CERVEJARIAS

    • TOUR DE BARES NOTURNO

    • CITY TOUR OPEN CHOPP

    Pedimos a gentileza de incluírem a KOM BIER TOUR em seus materiais de divulgação como mais uma opção de passeio.

    Quando quiserem conhecerem pessoalmente um dos nossos passeios em Balneário Camboriú, serão nossos convidados!

    Muito obrigado!

    https://www.instagram.com/kombiertour/

  2. Bom dia…
    Vou viajar com 2 adolescentes….Gostaria de dicas de passeios mais voltados para eles…Gostaria de saber custo benefício em ficar em Balneário Camboriú ou na capital?
    Grata
    Giselli Esteves

    1. Bom dia, Giselli. Vai depender das preferências da sua família.

      No meu caso, gosto mais de Florianópolis, acho o estilo da ilha mais descontraído e tem mais opções de praias e restaurantes. A capital bastante espalhada, demanda muitos deslocamentos longos de carro.

      Já Balneário Camboriú tem seus atrativos concentrados na orla da praia, onde estão a ciclovia e centenas de bares e baladas. Inclusive o embarque no teleférico no Parque Unipraias é na região central. Não sei se seus filhos passaram dessa fase, mas lá perto ainda tem o Beto Carrero Warld.

      Boa viagem.