Um planejamento de viagem para a Colômbia exige a escolha das melhores cidades base para explorar o país. Por isso é importante entender onde se hospedar na Colômbia, assim você fica nas cidades e lugares mais seguros e estratégicos para explorar ao máximo esse lindo país.

Além de ter escrito dicas de hospedagem nas 3 principais cidades turísticas da Colômbia, também pesquisei muitas informações e li guias de viagem antes de viajar, para entender o máximo do turismo no país. A seguir, veja quais são essas cidades e onde se hospedar em cada uma durante sua viagem.

(Antes de embarcar, leia também nossas 15 dicas de viagem para a Colômbia)

5 cidades estratégicas para se hospedar na Colômbia

Entenda também um pouco mais sobre atrações e dicas de bate e volta nas principais cidades turísticas da Colômbia. Depois das cinco, cito também cidades interessantes, destinos que também merecem ser explorados e que também são bases inteligentes para sua viagem.

Fim de tarde em Cartagena, em cima da muralha e com vista para o mar

1. Cartagena

Na costa do mar do Caribe, Cartagena é uma base inteligente para explorar algumas das melhores praias da Colômbia, entre outros locais de interesse turístico. De lá é possível ir por conta própria ou comprar pacotes de passeios para conhecer Santa Marta e Barranquilla. De Cartagena também saem passeios bate e volta para o vulcão Totumo e suas famosas piscinas de lama. Além, é claro, das famosas Islas Rosário, que ficam a menos de 1 hora de barco de Cartagena, onde estão lugares incríveis como o Gente de Mar.

E estando em Cartagena, também fica fácil esticar a viagem um pouco mais, até San Andrés, para onde há voos diretos todos os dias por diferentes companhias aéreas, como a econômica Viva Colômbia. O voo entre Cartagena e San Andrés dura menos de 1h30, bem mais rápido do que se sair de Bogotá ou Medellín. Com as nossas dicas de Cartagena você vai entender mais a cidade.

Para aproveitar o melhor de Cartagena, veja o mapa de bairros e dicas de hotéis no post Onde ficar em Cartagena.

 

2. Bogotá – Turismo e Hospedagem

Além de ser a maior cidade da Colômbia, com mais de 8 milhões de habitantes, a capital Bogotá tem localização estratégica para quem vai partir para outros destinos no país. Próxima ao centro geográfico da Colômbia, Bogotá recebe o maior número de voos nacionais e internacionais. Se precisar passar apenas uma noite, há muitos hotéis próximos ao Aeroporto El Dorado.

Mas eu recomendo que passe no mínimo duas noites em Bogotá, para conhecer lugares como La Candelária e subir de teleférico ao Monserrate. E se ficar cansado do trânsito da cidade, vá fazer um bate e volta para lugares próximos, como para Zipaquirá, onde está a famosa Catedral de Sal.

Para aproveitar o melhor de Bogotá, veja o mapa de bairros e dicas de hotéis no post Onde ficar em Bogotá.

 

3. San Andrés – Turismo e Hospedagem

Mais perto da Nicarágua do que da própria Colômbia, a arquipélago de San Andrés tem algumas das praias mais paradisíacas de todo o Caribe. Não vale a pena tentar fazer um corrido bate e volta ou ficar apenas uma noite. Para fazer valer a distância e o gasto, é melhor se hospedar pelo menos 3 noites em San Andrés.

Em um roteiro de 2 a 4 dias em San Andrés, é possível conhecer os principais pontos turísticos da ilha, curtir preguiça nas praias e ainda explorar os “Cayos”, que são as pequenas ilhas protegidas por corais, onde a cor da água é ainda mais inacreditável. Agora, se pretende conhecer também a ilha de Providencia, é melhor ter mais um dia de viagem, pra dormir por lá.

Para aproveitar o melhor de San Andrés, veja o mapa de bairros, praias e dicas de hotéis e pousadas no post Onde ficar em San Andrés.

 

4. Medellín – Turismo e Hospedagem

Mais conhecida por ser a cidade de Pablo Escobar, Medellín tem muito mais a mostrar do que a histórias de traficantes. Renascida após o fim dos maiores cartéis de drogas, Medellín hoje é considerada uma das cidades mais inovadoras do mundo, sendo exemplo ambiental e de urbanismo, entre outras coisas, como você vê aqui e aqui.

No embalo do desenvolvimento, Medellín vem atraindo cada vez mais turistas. Na cidade, as principais atrações são a Plaza Botero, onde 23 esculturas do artista mais famoso da Colômbia estão expostas de maneira permanente, e o Morro Nutibarra, para curtir a vista e conhecer mais da cultura “paisa”, como são conhecidos os nativos de Medellín. Também dá pra visitar cidades próximas, como Guatapé, uma das 5 cidades mais coloridas da América do Sul. E não se esqueça de comer: em Medellín nasceram algumas das melhores comidas típicas da Colômbia e os ótimos restaurantes não custam caro.

Em Medellín, o bairro mais recomendado para turistas é o El Poblado, que está cheio de hotéis e hostels aqui no Booking.

 

5. Letícia – Turismo e Hospedagem

Na tríplice fronteira entre Peru, Brasil e Colômbia, a cidade de Letícia é uma das principais bases para explorar essa remota região amazônica. Segundo o blog Joviajou, é melhor se hospedar em Letícia do que na brasileira Tabatinga, pois na cidade colombiana tem mais hotéis e eles são mais baratos.

Quando fiz meu primeiro mochilão pela América do Sul, conheci diversos europeus que estavam a caminho de Letícia. O que explica um pouco os preços altos dos passeios na região, que se resumem a visitar tribos indígenas e explorar a selva, como explica o blog MundoViralata.

A cidade de Letícia é pequena e as opções de hospedagem se concentram no centro, onde há bons hotéis como o Refugio de la Floresta e a Pousada Hipilandia, que custa ainda menos.

 

Onde mais se hospedar na Colômbia

Quarto maior país da América do Sul em território, a Colômbia tem muitas outras cidades que são ótimas bases para o turismo. Por exemplo, depois ou em vez de se hospedar em Cartagena, você pode ficar em Santa Marta, também no Caribe. Para evitar uma bate e volta puxado a partir de Cali, vale a pena passar pelos menos duas noites em Salento, no Valle de Cocora, onde estão as mais bonitas fazendas de café da Colômbia. Para quem gosta de cidades coloniais preservadas, a Villa de Leyva fica perto de Bogotá e merece pelo menos uma noite de hospedagem.

Se tiver alguma dúvida sobre hospedagem na Colômbia ou quiser dicas diferentes sobre melhores bases para fazer turismo no país, é só perguntar. E se tiver alguma dica, mande pra gente pelos comentários. Afinal ninguém sabe tudo e é sempre bom conhecer mais sobre um país.

Boa viagem!

Para planejar sua viagem:  
  1. Booking: descontos exclusivos em hotéis e reservas com cancelamento grátis
  2. Real Seguros: compare preços de seguro viagem
  3. RentCars: aluguel de carro pelo menor preço nas principais locadoras do mundo
Viaje com descontos:
  1. 100 reais de desconto no Airbnb
  2. 5% ou mais de desconto em Seguro Viagem
Autor

Escreva seu comentário